Com o objetivo de facilitar a participação da juventude nas discussões promovidas pelo 8º Fórum Mundial da Água, diversas organizações de liderança jovem se uniram para organizar no próximo sábado, 3 de março, um Esquenta em sete cidades brasileiras, das 14h às 18h.

O Esquenta vai mobilizar jovens nas cidades de São Paulo, Belém, Belo Horizonte, Montes Claros, São Luís, Campinas e Piracicaba.

Cada cidade vai produzir um documento chamado Carta dos Jovens e gerar um vídeo com depoimentos e o resumo das atividades do dia.

Os resultados serão apresentados no 8º Fórum Mundial da Água e também ajudarão a consolidar uma publicação online sobre como os jovens estão apoiando o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS-6) das Nações Unidas: assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todas e todos.

O evento é um movimento independente de vários coletivos e organizações para conectar as juventudes com o universo de gestão das águas, para instigar a reflexão sobre quais devem ser as prioridades e para promover um posicionamento mais forte e unificado dos jovens sobre temas relacionados à água.

As juventudes desejam unir suas vozes para promover uma representação significativa no 8º Fórum Mundial da Água e mostrar seu potencial de liderança; como estão conectadas na criação de estratégias, inovações e soluções que protejam o direito humano à água e ao saneamento.                                  

“A contribuição ativa das juventudes é um desafio, especialmente para grupos em situação de vulnerabilidade. Muitos jovens nunca ouviram falar do Fórum, outros não sabem que existe todo um universo paralelo para a gestão das águas. Muitos não têm condições financeiras de participar e se integrar aos diálogos”, afirma Tatiana Silva, representante para as Américas da Delegação da Juventude do Conselho Mundial da Água.

O evento inclui o Brasil no mapa de uma iniciativa internacional do Conselho Mundial da Água que mobiliza jovens em países como México, Índia, Peru, Colômbia, Estados Unidos, Taiwan, Japão, Uganda, Camarões e muitos outros.

O Esquenta é promovido pelas seguintes organizações de liderança jovem: Ame o Tucunduba, Engajamundo, Engenheiros Sem Fronteiras (Brasil, Belo Horizonte/MG, Campinas/SP, Joinville/SC, Montes Claros/MG, Rio de Janeiro/RJ), Escoteiros, FA.VELA, JPS - Jovens Profissionais do Saneamento, Sustainable Development Solutions Network - Youth (SDSN-Youth), Water Youth Network, Youth Delegates Program (World Water Council).

O Esquenta acontece sábado, dia 3 de março, das 14h às 18h.

As cidades participantes são:

1 São Paulo (SP) - Local: Faculdade de Saúde Pública da USP. Av Dr Arnaldo, 715. Metrô Clínicas

2 Campinas (SP) - Local: Auditório da Faculdade Devry Metrocamp, Rua Sales de Oliveira, 1661, Vila industrial

3 Piracicaba (SP) - Local: Laboratório de Educação e Política Ambiental da ESALQ/USP, Departamento de Ciências Florestais - LCF. Avenida Pádua Dias, 11

4 Belém (PA) - Auditório da Capela Nossa Senhora de Lourdes - Av. Gov. José Malcher, entre Av. Generalíssimo e Tv. Dom Romualdo de Seixas

5 São Luís (MA) - Local: Faculdade Pitágoras - Campus Turu | Av. São Luís Rei da França, 32, Turu

6 Belo Horizonte (MG) - Local: Centro de Referência da Juventude - Rua Guaicurus, 50 – Centro

7 Montes Claros (MG) - Local: Avenida Norival Guilherme Vieira, 70 – Ibituruna

Acompanhe todas as atualizações sobre o evento. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas através do Sympla.

Agenda de atividades

14:00 | Abertura: apresentação geral do Esquenta, os objetivos e os links com o 8º Fórum Mundial da Água e outras iniciativas para gestão das águas

14:15 | Conscientização e Debate: quais são os principais desafios em relação à água e ao saneamento na sua região?

15:00 | Trabalho em Grupo: os jovens presentes definem o que entendem como prioridades locais e regionais sobre água e saneamento, tendo como referência os grandes temas trabalhados no 8º Fórum Mundial da Água: Governança, Compartilhamento, Capacitação, Clima, Pessoas, Desenvolvimento, Finanças, Ecossistemas e Cidades

16:30 | Construção coletiva da Carta dos Jovens: os grupos apresentam os resultados de suas atividades e trabalham juntos para elaborar um documento que reunirá os principais problemas levantados e possíveis caminhos para soluções.

18:00 | Encerramento